Palestra TEDx Rio Metrópole – agosto de 2014

Em busca de respostas para as perguntas abaixo, acabei enveredando por caminhos que nem poderia sonhar, pois desconhecia.

  • Como as cidades estão se transformando nesse terceiro milênio?
  • O que pode ser feito para que os espaços urbanos se tornem lugares melhores para se viver?
  • Como enfrentar os desafios que as Mudanças Climáticas já estão causando para o habitat dos humanos?
  • Como a infraestrutura verde e o conhecimento da ecologia urbana podem contribuir nesse contexto?

Escrevi o livro “Cidades para TODOS: (re)aprendendo a conviver com a NATUREZA” (editado pela Mauad X).

Minha palestra no TEDxRio Metrópole de 2014 é um resumo de minhas pesquisas e encontros. É bom compartilhar conhecimento e expandir as relações. Confira:

Sobre Cecilia Herzog

Lancei o livro CIDADES PARA TODOS: (RE)APRENDENDO A CONVIVER COM A NATUREZA em junho de 2013. Sou presidente cofundadora do Instituto INVERDE, onde atuo desde janeiro de 2009. O objetivo do INVERDE é educar, conscientizar e propor um novo paradigma de cidades sustentáveis e resilientes em harmonia com a natureza, baseado em inter e transdisciplinaridade. Durante os últimos quatro anos organizei os ciclos de palestras e mesas redondas INVERDE (com apoio da AMIGOS DO PARQUE NACIONAL DA TIJUCA no Parque Lage) sobre sustentabilidade das cidades, com palestrantes nacionais e internacionais. Organizo e dou, juntamente com Pierre-André Martin) semestralmente o curso de curta duração ‘Infraestrutura Verde para Cidades Sustentáveis’. Sou professora da PUC-Rio. Durante a assembleia durante o 1o. Congresso Mundial de Ecologia Urbana, organizado pela Society for Urban Ecology - SURE, fundamos o capítulo brasileiro do qual sou a presidente. Escrevo regularmente para o blog internacional The Nature of Cities, o qual reúne mais de 50 profissionais, pesquisadores e pessoas que de alguma forma estão ligadas à natureza nas cidades de praticamente todos os países do planeta.
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

6 respostas para Palestra TEDx Rio Metrópole – agosto de 2014

  1. acho q este vai ser um veículo importante para você colocar suas idéias. Vou sempre estar por aí. Bjs e sucesso

  2. Natalia Parahyba disse:

    Adorei a ideia do blog. Será um ótimo instrumento de trocas.
    Ontem, uma amiga postou em sua página no facebook um link sobre fazendas verticais. Daí me despertou a vontade de pesquisar mais sobre isso.
    É uma questão que sofre certos preconceitos, como por exemplo, ser uma coisa visionária ou utópica. E talvez por isso, um sistema difícil de emplacar, pelo menos aqui no Brasil.
    Estava pesquisando sobre esse tema no Brasil e encontrei um link que fala de um arquiteto paulista que desenvolveu (ainda na faculdade) projetos para revitalização de edifícios que se encontram em processo de demolição no centro de São Paulo.
    Em cima disso, li comentários que me deixaram um pouco preocupada, como dizer que isso ainda não é uma necessidade e que a prioridade do momento é resolver o déficit habitacional. Daí me perguntei: e quando é que isso vai se tornar necessário? As soluções por aqui só começam a serem tratadas depois que o caos já está no limite. Eu fico impressionada com essa “cultura” que existe na nossa sociedade, do atraso em resolver e solucionar os problemas das cidades. Para mim são coisas que devem andar juntas, não se deve esperar o problema aparecer, é um sistema afinal de contas.
    Abaixo seguem dois links que pesquisei sobre o assunto. O primeiro sobre o projeto de revitalização em São Paulo e o outro bastante didático que explica o conceito dessa nova “tipologia” nas grandes cidades.

    http://www.portalodm.com.br/projetos-de-fazendas-verticais-comecam-a-ganhar-adesao-no-brasil–n–508.html

    http://www.verticalfarm.com/

    Abraços

    • Cecilia Herzog disse:

      Oi Natalia,

      Que bom que você gostou e deu andamento a esse canal de comunicação. Sou presidente do INVERDE, e temos pesquisado e proposto soluções contemporâneas para introduzir NATUREZA na cidade, inclusive produzir alimentos perto dos consumidores. Existem movimentos em inúmeros países para isso, que é considerada uma forma ecológica de garantir segurança alimentar. Melhor ainda se for orgânica, pois não só possibilita contato direto com a Natureza e os processos naturais, como restabele o vínculo fundamental das pessoas com as fontes de alimentos. É também uma forma de fazer o ser humano perceber que precisa do ecossistema para dar suporte à sua vida.

      Se ainda não entrou, dê uma olhada em nosso site http://www.inverde.org

      Ano que vem vamos ter cursos de infraestrutura verde e arquitetura sustentável no Rio de Janeiro. Fique em contato.

      Abraços ecológicos,
      Cecilia

  3. Izabela Alves disse:

    Parabéns pelo blog!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s