Ecologia Urbana

 

Urbanismo, Arquitetura e Biodiversidade: quando a Natureza inspira Cidades e Edificações

Video muito elucidativo de como precisamos introduzir e nos inspirar na natureza para transformar as cidades em lugares melhores para TODOS! Confira no link abaixo:

Video produzido pela Agência de Biodiversidade Naturparif da região metropolitana de Paris

 

http://www.dailymotion.com/embed/video/x54g9bj

***

Por que precisamos estudar Ecologia Urbana?

Porque estamos em um planeta urbanizado, com enorme concentração de pessoas nas cidades onde o consumo de recursos naturais e as fontes de poluição se concentram e afetam o Planeta Terra. Veja o vídeo do Planeta em Urbanização:

Planeta em Urbanização

***

Constituição da Sociedade para Ecologia Urbana – Brasil

Fizemos a primeira reunião do Comitê Executivo da Society for Urban Ecology (SURE) – Seção Brasil (SURE-BR) . Foi oficialmente proposta, votada e aprovada na Assembléia Geral que aconteceu durante o 1o. Congresso de Ecologia Urbana em Berlim em Julho de 2013. Sou presidente da SURE-BR e estou em ótima companhia: Simone Freitas (UFABC) – Secretária, Ricardo Finotti (UNESA)- Tesoureiro, Maria Fernanda Lemos (CAU-PUC), Felipe Guanaes (NIMA-PUC), Gisela Santana Instituto INVERDE, Paulo Pellegrino (LabVerde- USP), Rafael Soares Gonçalves (PUC-Rio) e Pierre-André Martin (PUC-Rio).

A SURE-BR é uma organização inter e transdisciplinar como o campo da Ecologia Urbana. Seus membros vêm de diversos campos do conhecimento tendo o ecossistema urbano, a paisagem urbana – as pessoas, as edificações e a natureza (biodiversidade) -, e suas inter-relações como base comum.

Na quinta-feira dia 6 de março de 2014 aconteceu a primeira reunião do Comitê Executivo da entidade no Brasil. A presidente do INVERDE é também presidente da SURE-BR. A Sociedade tem objetivos educacionais, de pesquisa e apoio a planos e projetos sistêmicos integrados socioecologicamente.

A Ecologia Urbana tem um grupo ativo no Facebook, está com uma enquete que pode ser preenchida para que melhor possam ser conhecidas as pessoas que atuam na área de diversas maneiras.

FOTO-CONSTITUICAO-SURE-BR

Na foto, Juergen Breuste dá sua mensagem na abertura dos trabalhos da SURE-BR

***

“Conversatórias” sobre Ecossistemas Urbanos na Colômbia

No início de fevereiro estive na Colômbia a convite da ECONAT, Instituto Humbodt e Fundación Cerros de Bogotá

IMG_4526-smallIMG_45290-small

Figuras 1 e 2 – Banners dos promotores das conversatórias: Econat e Instituto Humbodt

Passei 10 dias no país e participei de três eventos que foram chamados de “Conversatórias” por se tratarem de uma iniciativa que promoveu um primeiro contato entre os diversos atores que participam ativamente do planejamento e projeto de cidades. O objetivo foi realmente que todos pudessem participar e passar a compreender as cidades como ecossistemas urbanos.

Os convidados internacionais – o presidente da SURE (Society for Urban Ecology) e eu (que sou presidente da SURE – Brasil), e os Colombianos – Henry Garay (Econat – Fundación Cerros de Bogotá), Brigitte Baptiste (presidente do Instituto Humboldt), Juana Mariño (Instituto Humboldt) e Diana Wiesner (Fundación Cerros de Bogotá) fizeram apresentações e depois todos os presentes participaram das conversas em três importantes cidades: Barranquilla, Medellín e Bogotá.

O primeiro encontro foi na Universidad del Norte – UNINORTE – em Barranquilla, cidade costeira do Caribe. Tem importância estratégica por abrigar o porto que se situa na foz do rio Magdalena que entra pelo país e chega até Bogotá, a capital. É uma cidade industrial e que vem crescendo rapidamente, causando impactos profundos na paisagem. Foi uma conversa inicial que pretende ter sequência com ações concretas. Contou com a presença de acadêmicos, inclusive o reitor da universidade; representantes de órgãos governamentais da cidade e da província.

IMG_4069

Figura 3 – Apresentação minha em Barranquilla, com Juergen Breuste em primeiro plano e Henry Garay à esquerda

A seguir fomos a Medellín, quando nos reunimos no Parque Explora. Só o parque vale uma visita, pois demonstra a relevância que o conhecimento tem para a cidade. O encontro contou com a presença de diversos atores locais. A cidade de Medellín é um dos casos mais interessantes que conheci. A fama que tinha por abrigar um dos cartéis de drogas mais poderosos do mundo era terrível (por morar no Rio de Janeiro e conhecer o que o crime organizado pode fazer a uma cidade). Pois bem, cheguei lá e a coisa é bem diferente agora. Não que seja uma cidade segura completamente, nem igualitária, mas está fazendo um belo dever de casa. Estive tanto no bairro mais elitista, como subi a favela e cheguei ao Parque Arví que circunda parte da cidade no alto dos Andes. A cidade fica num vale estreito, cercado por montanhas altíssimas, por isso possui uma linha linear de metrô aéreo de primeira qualidade. Para subir as montanhas usamos o teleférico extremamente confortável, seguro e confiável que facilita a vida da população de baixa renda que mora encosta acima. A maioria das ruas está urbanizada, possui coleta de lixo, quadras esportivas podem ser vistas em vários pontos. Tem uma biblioteca no alto de uma das favelas que é referência mundial, apesar das controvérsias com relação a seu projeto de arquitetura. A cidade já deu uma virada, e está em busca de melhorias constantes para seus habitantes e em respeito à sua paisagem, seus processos e fluxos naturais. Preciso voltar para lá com mais tempo para pesquisa e visitas.

IMG_4496

Figura 4 – Foto aérea que cobre toda a cidade de Medellín na entrada do Parque Explora – um verdadeiro Museu de Ciências Interativo. Juana Mariño abaixada, Juergen Breuste observando com participantes da Conversatória

IMG_4512

Figura 5 – da esquerda para direita: Juergen Breuste (SURE), eu e Henry Garay (Econat e Fundación Cerros de Bogotá)

IMG_4517

Figura 6 – da esquerda para direita Juergen Breuste, eu, Nathalie Camacho (Econat) e Henry Garay

IMG_4599

Figura 7 – No encerramento do encontro, da esquerda para direita: Henry Garay, eu, Juergen Breuste e Juana Mariño (Humboldt)

Em Bogotá o encontro foi realizado com a moderação de Brigitte, a presidente do Instituto Humboldt. É uma instituição pública que se dedica integralmente à pesquisa da biodiversidade colombiana. Com esse evento, o Humboldt passou a contemplar a pesquisa da biodiversidade urbana e os serviços ecossistêmicos que oferece onde as pessoas vivem. É uma tremenda fonte de inspiração para que o Brasil passe a valorizar a sua maior riqueza: SUA BIODIVERSIDADE!! Fora e dentro das cidades! Compreender a cidade como um ecossistema é uma mudança de paradigma, e requer conhecimento e participação efetiva.

Só assim poderemos ter cidades que sejam verdadeiros habitats para nós humanos, minimizando os nossos impactos e respeitando a natureza da qual dependemos para viver.

IMG_5800

Figura 8 – Apresentação de Ecologia Urbana feita por Juergen Breuste – fundador e presidente da Society for Urban Ecology (SURE)

IMG_5813

Figura 9 – Apresentação minha sobre o Rio de Janeiro e suas complexas relações com a biodiversidade urbana e a falta de reconhecimento sobre os serviços ecossistêmicos onde as pessoas vivem e os impactos que isso ocasiona

IMG_5796

Figura 10 – Vista parcial da audiência durante a apresentação de Brigitte Baptiste (presidente do Instituto Humboldt)

IMG_5825

Figura 11 – Conversa final sobre Ecossistema Urbano em Bogotá, que contou com a presençado Secretário de Planejamento Urbano (lá tem!)  dentre outros atores. A partir da esquerda: Henry Garay, Juana Mariño, Brigitte Baptiste, Cecilia Herzog, Juergen Breuste e o tradutor Frederico

Os resultados das “Conversatórias” deverão ser oficialmente divulgados. Publico aqui assim que tiver receber.

Rio de Janeiro, 20 de fevereiro de 2014

***

Estou envolvida com Ecologia Urbana desde o Congresso do International Landscape Ecology Association – IALE em 2007, que aconteceu em Wageningen na Holanda. Por sorte, teve um seminário que reuniu gente da pesada de diversas áreas do conhecimento: paisagistas, ecólogos, geógrafos e biólogos de inúmeros países.

Comecei a estudar, ler tudo o que pude adquirir e tive acesso. No ano seguinte fui ao primeiro URBIO – Urban Biodiversity and Design, uma conferência que reuniu pesquisadores de renome em Erfurt, sob a coordenação de Norbert Müller. A partir de então fui todas as conferências que antecedem as CoP (Conferência das Partes da ONU) da Biodiversidade: Nagoya em 2010 e Mumbai em 2012.

Em 2011, durante o Congresso do IALE em Pequim, o simpósio com maior número de participantes foi o da SURE. Estive lá, como sempre apresentando trabalhos que tenho feito aqui no Rio de Janeiro. Dei aula no curso oficial do congresso organizado pela SURE em Xangai, juntamente com professores de diversos países, para alunos vindos de todas as partes do mundo.

Esse ano a SURE organizou o seu primeiro congresso mundial na Universidade Humboldt em Berlim. Durante a assembleia geral foi fundado o capítulo Brasil, do qual sou presidente e tenho a missão de difundir ECOLOGIA URBANA no Brasil.

Estamos fazendo uma pesquisa para conhecer quem são os interessados no tema em todo o país. Se for o seu caso, preencha a ficha que está disponível em

https://docs.google.com/forms/d/1VwkUrlDkCbe2HLJVxFF9mzgM-G1guaeEbkBUZIbWin4/viewanalytics

Faça parte da Sociedade para Ecologia Urbana – Brasil (SURE-BR).

Publicado em 14.08.2013

4 respostas para Ecologia Urbana

  1. Estou Presidente do COMDEMA Campinas – Conselho de Defesa do Meio Ambiente, órgão Deliberativo, faço minha Pós Latu Sensu em Arquitetura Cidades e Sustentabilidade na Universidade Belas Artes de SP, e sou Graduado em Gestão Ambiental pela Faculdade de Arquitetura e Engenharia CEUNSP – SP, gostaria muito de integrar os Grupos de debate e criar um Núcleo vinculado à Sociedade de Ecologia Urbana Brasil SURE-BR
    meu email: alexandre.comdema@gmail.com e fone 0197805-4092/
    019 2514-0401

    • Cecilia Herzog disse:

      Olá Alexandre, Adorei saber de seu interesse. Estamos organizando um congresso latino americano em 2015. Vamos manter contato.
      Será ótimo contar com sua participação.
      meu email ceciliapherzog1@gmail.com
      abraço
      Cecilia

  2. Pingback: “A criança brincando na natureza é a ideia representativa de uma infância feliz e saudável” - Portal Aprendiz

  3. Carolina Vieira da Silva disse:

    Boa tarde! Sou professora do ensino superior e ministro a disciplina de Ecologia Urbana. Tenho muito interesse sobre o tema. Gostaria de saber mais sobre participação em eventos, livros e tudo que estiver relacionado ao assunto. Meu e-mail é cvscarol@hotmail.com

    Muito obrigada!
    Abraço
    Carol

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s